Quantos andam por aqui?

26 de janeiro de 2012

"Vá, até já"

E foi assim que me despedi dele à 1 hora.
Ainda não consegui entender o que realmente se passou hoje. Acordei e ouvi "Vai-te vestir que a ambulância vem aí"; enquanto estava no trânsito tentei digerir tudo o que se tem passado nestas últimas semanas até que ouvi a sirene da ambulância e apercebi-me que quem ia ali não era uma pessoa qualquer, mas sim o meu pai. O meu pai...
"Estás bem?" perguntaram-me. "Não durmo, não como, só bebo cafés e farto-me de chorar. Portanto, acho que sim" respondi.

3 comentários:

Teresa disse...

Espero que o teu pai recupere o mais rápido possível.
Muita força para ele e para ti.

AnRi disse...

Muita força Daniela, e espero que o o teu pai recupere. Se precisares de alguma coisa diz, Muitos beijinhos, e conta com comigo.

Green disse...

Espero que ele recupere bem e depressa. Muita força! *