Quantos andam por aqui?

19 de junho de 2010

Irra. Que a mulher era teimosa!

Hoje fui à dona esteticista arranjar as sobrencelhas. Até aqui tudo bem, só maravilhas (tirando aquela parte em que me dá uma vontade enorme de espirrar, não sei porquê). Até que a senhora teve a esperta ideia de dizer "Vou arranjar-te o buço". Eu disse que não era necessário, não se notava nada. Mas acham mesmo que a mulher me deu ouvidos? É claro que não. Ela aproveitou-se da minha miopia elevada e do facto de eu estar sem óculos para pôr cera morna, quente vá, quentiiiiiiiiiiinha, na verdade estava a escaldar, entre o meu nariz e os lábios. Ah magana...
Vá, na realidade tenho de admitir que estou melhor agora (não significa que eu não estivesse bem antes), mas deu para perceber que a senhora não aceita um não.

7 comentários:

Inês disse...

Estou solidária com a tua dor mesmo que mentalmente...

Zélia disse...

Auuuuuuutch.
Eu pareço uma pitinha quando cai e faz um arranhão. Para mim depilação é sinonimo de tortura, e das piores, tipo como no Tarrafal ou em Caxias xP.
Hoje fui fazer a laser. Se dizem que o paraiso não existe, enganam-se.

Alexandre disse...

Chata a mulher! ehehe
Não deve ter ainda reparado no buço dela... eheh

Patrícia disse...

D,uffa...eu sempre tive pouca sorte com depilações e afins!estou como a Zélia!Viva ao Laser!

Hakime Goul Djounoubi disse...

Pois fales baixo essas coisas, que se algum brasileiro abusado ouve, vai zombar de ti, rapariga! Não sabes que cá dizem que portuguesa é mulher de bigode?

Au revoir, mon douce amie.

Maggy disse...

isso é tipico de cabeleireiras e esteticistas, o que acham que têm de fazer fazem e pronto...lolol

Leila Reis disse...

a senhora queria que andasses toda arranjada, é para o teu bem :)