Quantos andam por aqui?

12 de novembro de 2009

Há dias

Ai que dias mais miseráveis estes que eu tenho tido, aiiiiiii. (desculpem o desabafo)

Bem, esquecendo isto, sabem quando umas 2 ou 3 horas melhoram incrivelmente o vosso dia? Pois, hoje foi assim. Estava à espera destas horinhas desde domingo (aí eu já sabia que ia ter uma semana de caca) e foram mesmo bem passadas. Entre desenhos, fotografias e conversas pude, finalmente, ter um tempinho para mim. Não quer dizer que na universidade não tenha tempo para mim, mas é diferente, porque estou ali para estudar. Embora conviva e fale e tudo o mais, nunca é a mesma coisa do que quando se fala com uma pessoa que se conheçe à 5 anos. Portanto eu e a R* decidimos ir para Sintra. Fazer o quê? Não sabíamos até lá chegar, só sabíamos que íamos beber chocolate quente! Sabe bem falar com alguém em quem confiamos, que sabemos que podemos falar sobre tudo, que está tudo bem. Aqui em casa eu protejo e cuido de todos, mas e eu? Com quem é que eu posso desabafar? Pois, com a R*. Embora já não a veja com a frequência de quando éramos da mesma turma, continuamos a entender-nos perfeitamente. Como eu tinha saudades de dizer os disparates do costume, de não estar a pensar "D* ela não te conheçe bem, não fales assim" ou "Só a conheces à meia dúzia de dias, comporta-te", percebem?
Hoje, pela primeira vez em muito tempo, fui egoísta. Não pensei nos problemas que se estão a passar à minha volta, no que se podia estar a passar nesse momento. Não pensei. Fui egoísta? É capaz. Mas de certeza que mereci aquelas horinhas, de certeza!



E esta sou eu!

À tanto tempo que me apetecia desenhar ao ar livre, não pensar no que desenhar, apenas fazê-lo. Ah, e enquanto estava lá no meu mundo de cores de aguarelas estava a ser observada por imensos chineses e ingleses... cuscos!

13 comentários:

Marz disse...

É bom e faz bem tirarmos um tempinho só para nós. É saudavel para a nossa alma! Melhor ainda é conversa com quem já nos conhece tãoo bem... Quanto ao "desejo" de desenhar ao ar livre ainda bem que fizeste com que esse desejo fosse realizado, assim é que devia ser sempre! Sentiste-te muito observada enquanto desenhavas? :b ehehe

Galo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Galo disse...

Aposto que os chinocas ficaram com os olhos em bico eheheh.
Eh pá, se nós não formos egoístas um pouquinho, se não arranjarmos tempo para pensarmos em nós, vamos estar à espera que, neste mundo louco, alguém o faça por nós?
Eu percebo que tens que arcar com responsabilidades provavelmente demasiadas para ti, mas a vida está sempre a passar e o tempo nunca vai voltar para trás.
E Sintra vale sempre um pouco do nosso tempo.

Beijo

Plagiator ;D* disse...

de qem eh q eliminaste o comentario? :O

na america profunda disse...

Olha ela :-) toda girinha :-)
fizeste muito bem ser "egoista" faz bem ao corpo e a alma...

Artamidae disse...

também já me aconteceu alguns turistas observarem-me a desenhar... é uma sensação engraçada!
de quando em vez também é preciso pensarmos em nós mesmos, faz-nos bem e recarregamos forças...
bom fim-de-semana!
que gira que estás na foto! :-)

Margarida disse...

Sei que ao pé do sitio onde está há um restaurante com uma Lasagna de fazer chorar pos deuses xP

Como eu te compreendo. Ter alguem com quem podemos 'avacalhar' a vontadee sermos ''julgados'' é das melhores cosas da vida. Quando foi para a universidade, vou com a minha mlhor amiga, temos os planos feitos para morar juntas, mas mesmo assim tenho oção que nao é a mesma coisa, estou habituadaa te-la todos os dias ao pé de mim... ...enquanto que, quando for para lá, os primeiros dias, sentirei-me um bocadinho 'jogada no meio das feras' xP

Tenho qu voltar a sintra, a ultima (e primeira) vez que fui lá nao inha aquina fotografica, e o tlemovel na é nada d muito especial para tirar foto, mesmo assim desenrasquei-me xP

japanese lollipop disse...

Claro que mereces essas horitas, e acho que as aproveitaste da melhor forma. Beijinhos*

Sandokan disse...

A realidade do mundo exposta a seco na vida
É muito cruel, doi, fere, deixa nossa alma sentida,
É positivo que se saiba mostrar,
É positivo que se saiba para todos os lados olhar.
É positivo que haja que saiba expor e denunciar...

A realidade pode ser dura mas também precisa
De beber a magia das histórias de encantar
Precisa de amar, de ser acarinhada e de acreditar,
Precisa de acreditar que sempre pode existir
O brilho no olhar ou um Super-Herói
Que faça o mundo viver e aprender a sorrir
Que nos olhe nos olhos e nos deixe esperança,
O mundo precisa sarar a ferida que mais dói,
Precisa que veja um olhar puro de criança
E acreditar que vale a pena e que tudo pode mudar...

Histórias de encantar... histórias de encantar...
Vem neste meu mundo de sonho voar
Que te ensinarei como é bom saber acreditar,
Vem, dá-me a mão e diz-me que acreditas,
Diz-me que nos meus olhos a vida ainda pode brilhar,
Diz-me que me amas e que por mim não hesitas
Porque baseado na verdade que me dás talvez possa mudar,
Talvez seja mais um para fazer a diferença
E voltar a dar ao nosso mundo a cor da esperança...

Asiram disse...

ai sabe sempre tão essas horitas.....k bem que sabem, ainda bem que tiveste tempinho para isso só faz te é bem....;P

Alexandre disse...

É bom termos um tempo só para nós próprios - 10 minutos por dia, por exemplo e reflectir sobre tudo e todos e fazer uma coisa que gostamos :)
Faz-nos bem.

Cat disse...

E não soube muito muito bem? Então pronto! :D

Anuska disse...

Os mirones devem ter te tirado montes de fotos eles andam sempre de máquina em riste. Sabem bem esses momentos, é pena acontecerem poucas vezes.