Quantos andam por aqui?

24 de março de 2009

Vivemos num mundo xpto e não sabemos...

Faz parte do humano falar dos outros. Está-lhe na pele, nos sistemas mais complexos e difíceis de compreender, nos órgãos que estão todos amontoados dentro dele, está nos outros. Eu ultimamente ando a criticar o que me rodeia, mais do que o normal. Não é preciso falar mal, apenas reparo. Reparo que a rapariga y que vi no centro comercial é lá da escola, que o senhor y anda a dar-se melhor com a senhora z (o que é muito bom), que a dona k (que eu nunca tinha visto nem mais alta nem mais baixa) tem um sentido de humor muito estranho (ora está a criticar tudo e todos ora está a rir-se como se não houvesse amanhã), o rapaz j não sabe o que quer (quer tudo mas não quer nada), a dona v parece uma coruja (ainda estou eu a tentar arranjar forças para me levantar e já está ela lá na correria dela), a senhora o deve tirar as 3ªs feiras para me chatear (É QUE SÓ PODE!), o senhor d afinal não é tão bem educado como eu pensava (vergonha!), a sô dona h tem uma certa empatia por portas (o que faz com que por vezes vá contra elas). E eu? Oh eu... eu sinto-me estranha, mas por estranho que pareça, sinto-me bem!

2 comentários:

Jo. disse...

porque é que eu tenho de ser o h??


ando de pernas afastadas por acaso?

ahahah bem me parecia...


o senhor d pode ir ser presunçoso com a senhora y para o sitio p(lutão) :)
o senhor i tem um decassilado martelo..pobre coitado

DonimoPseu disse...

FAZ PARTE DO SER HUMANO. E POR MUITA PENA QUE TENHAS, FAZ PARTE DE TI! "sô rogéeerio!" ahahhahahah


obrigada por tudo querida*