Quantos andam por aqui?

19 de dezembro de 2008

Tempo... Ai tempo...

Hoje foi mais um daqueles jantares que parece que não vão ter fim. Ouve-se o barulho dos talheres a bater no prato, vê-se um gesto mais rígido, olha-se para o infinito à espera de alguma coisa interessante... O caos! 10 minutos pareceram 1 hora. Mas enquanto estava perdida nos meus pensamentos, e nos quadrados da toalha, estava a lembrar-me de bons dias em que o tempo pareceu que tinha voado. Hoje, por exemplo, passei grande parte do dia a rir e dizer parvoices e passou num ápice! Porque é que os maus momentos também não são assim? Eu bem que tento dizer sempre uma coisa qualquer, nem que seja para ouvir barulho (mesmo que esse seja a minha própria voz). Mas também existem aquelas alturas em que temos tanta coisa para fazer e parece que por mais que trabalhemos nunca avançamos (os testes de história, não há excepção, são sempre assim).
O tempo é uma coisa tramada...

1 comentário:

Buh! disse...

hoje estava irritada com o mundo...fui até setubal a dormitar no banco de tras do carro...