Quantos andam por aqui?

4 de julho de 2007

Saudade

A saudade tem muita criatividade
E também maldade
Ela nos deixa na insanidade
É uma palavra crua
Com ela uma pessoa se sente nua
É uma dor que não dói
Mas que lentamente corrói
O que por vezes nos separa é a distância
Daquelas pessoas da nossa infância
No céu o teu nome vou escrever
Para não me esquecer
E quando te vir, vou-te agarrar
E não te largar.

1 comentário:

Buh! disse...

baaaahhh amei !!

eu sou perita nas saudades :S

e por isso preparei um discurso. passo a dizer:

Mariano meu parvalhao [amo-te], das-m raiva [amo-te], tenho vontade d t espancar [amo-te], quero partir-t os dentes [amo-te], n voltes [volta rapido amo-te], vai chatear o Papa [vem po pe' d mim amo-te], n quero falar cntg nunca mais [tenho saudades tuas amo-te] e n pensem q tou obececada [amo-te ja tinha dito?]. odeio-te [amo-te meu argentino]

e tnho dito, ponto final

beijinhos adoro-te <333