Quantos andam por aqui?

16 de maio de 2010

03:09

São 02:50 da manhã e estou assim-assim. Não tenho sono nenhum (dormi 12 horas na noite passada) mas estou cansada (passei o meu dia todo sentada em frente ao pc, a trabalhar). Estou maldisposta porque jantei quando já passava da meia noite.
Estou nostálgica (apetece-me chorar). Apetece-me lembrar o passado. Tenho saudades. Sei que nada do que vou escrever há-de ter sentido. Apetece-me sentar e ter alguém ao meu lado com quem falar, com quem partilhar o que vai cá dentro. Tenho a casa cheia de pessoas mas essas estão ocupadas a dormir e a viver os seus sonhos.
Estive a ver fotografias. Bonitas, por sinal. Não ando com a máquina ao pescoço à algum tempo (tempo demais, se calhar). Olho para as fotografias e é instictivo, consigo vê-las com mais ou menos contraste, a preto e branco com algumas partes a cores, cortadas. O que for. Tenho medo de perder o jeito pela fotografia. Bem como o jeito pela pintura. São, se calhar, as duas coisas que mais gosto em mim. Se calhar convenco-me que sou boa e não valho um chavo. Se calhar. Mas deixem-me estar.
Acabei o trabalho de Design Bidimensional, sobre a Expressiviedade. Quando vi o trabalho do N* fiquei sem vontade de acabar o meu.


Tenho saudades de saber que sou boa a alguma coisa. Uma única coisa chegava-me.

9 comentários:

Sac do Amor disse...

Não fiques triste, amiga.
Sabes como é, não? Tudo passa, com o tempo, seja alegria seja esse estado meio que... assim-assim.

Um bom domingo para ti.
Nós do Sac do Amor, e o Monsieur especialmente.

Abraços cordiais.

Hakime disse...

Adorei conhecer teu blogue!
És muito inteligente, sincera, tens um bom olho. Não digas que não te sentes boa a nada, pois se apenas conciderarmos tua escrita, já estás maravilhosa!

Vraimente vrai!

Estou já a seguir-te. Adoro Portugal, tenho um amor que é alfacinha, e talvez nós nos casemos, caso a lei portuguesa mude e passe a reconhecer os casais de cônjuges do mesmo sexo. Oxalá!

Gosto de Portugal, sabes. São um povo bem mais politizado, com uma história magnífica e uma mentalidade doce, apesar dos pesares. Admiro sobretudo Amália, Mariza, Rui Veloso, Sétima Legião, na música, e nas letras o Bocage, o Ary dos Santos, o Pessoa, a Florbela Espanca. Fiquei a saber que Espinoza era nascido aí na Terrinha, e ele é dos meus filósofos favoritos também.

Ah, e como eu poderia me esquecer, há também o Leite de Rosas que limpa a pele, é uma fórmula portuguesa, não? Adoro os azeites da terrinha: o Gallo, o Figueira da Foz... tudo que é português me agrada.

Bem haja para ti, amiga!
Beijão!



Olha este fado, acho que tem a ver com o momento que passas ->

http://www.youtube.com/watch?v=eyorJqPMwlA

almighty yellowphant disse...

não desanimes. o importante é que continues a lutar pelo que queres e pelo que gostas. e os resultados virão :)

Maggy disse...

pelo que já vi aqui no teu blog tu és óptima em ambas (fotografia e pintura)... há dias simplesmente assim... tão acompanhados mas tão sozinhos...

lembra-t que tu és uma artista, como muita gente gostaria de ser...:)

Ps: a noite é má conselheira... de noite é mais fácil sentirmo-nos assim...


bjinhos

Abdoul Hakime Goul Djounoubi disse...

http://www.youtube.com/watch?v=aIrCFrFpHvw

Anima-te!

S* disse...

És óptima a pintar e pareces ser uma mulher impecável.

IM disse...

percebo tão bem..keep on e não deixes ng desanimar te, só a tua opinião interessa no final de contas.**

Leila Reis disse...

D*, não gosto de te ver assim, não gosto mesmo. Há sempre alguma coisa que fazemos bem, mesmo que não achemos isso sempre, ou que por vezes nos sintamos perdidos. Tens de te encontrar, e continuar a dar o teu melhor. Eu sei que és capaz.
Força :)
Beijinho grande.

Pinkk Candy disse...

eu acho que és MUITO boa em fotografia e pintura, e decerto em muitas coisas mais, boa amiga, boa a fazer bolos, tanta coisa e dizes tu que querias só uma :D