Quantos andam por aqui?

7 de setembro de 2008

Caixa de Recordações

Ontem lembrei-me de uma coisa que me fez lembrar outras. Lembrei-me de quando ia fazer 11 ou 12 anos e não tinha bolo de aniversário. Como eu faço anos no dia a seguir ao ano novo, naquela altura as grandes superficies e locais onde se vendiam bolos de aniversário fechavam. Então o meu pai achou solução! Ele conhecia um homem que fazia bolos de aniversário "que sorte!" pensei eu. Pedi um bolo com uns desenhos e muita cor. Quando o vi pensei que era uma brincadeira "Oh bolas". O senhor esqueceu-se de mencionar que não tinha tempo suficiente, então por cima do bolo (que era amarelo) viam-se assim umas figuras de plástico preto em forma de ninja. Pois, não era bem assim que eu tinha imaginado... Mas lá estava a minha mãe para resolver a situação. Toca a por enfeites por cima do bolo! Ou seja, era um bolo assim com 2 velas no centro, um chapéuzinho de papel (daqueles que se põem nas bebidas) e uns palitos com papeis nas pontas. Que belo bolo de aniversário! Era meio bolo de aniversário\natal\passagem de ano. Era tudo em um! Culpa dos ninjas pretos... (que ainda tenho guardados). Depois lembrei-me de uma noite em que eu e a minha mãe montámos a árvore de natal. Eu dizia que a árvore era grande (hoje em dia bate-me pela cintura), porque era do meu tamanho. Mas claro que aquilo para a minha mãe era pequeno, então púnhamo-la em cima de uma mesinha branca e enfeitávomo-la com muita cor. Lembro-me de que espalhei as luzes pelo sofá e pela mesa do centro da sala e chamei a minha avó para lhe mostrar! Era tão bom.
Tenho uma recordação que me envergonha sempre que me lembro dela. Ai o que eu fazia em pequena! Além de espetar uma coderniz e dizer "mãe já temos almoço!", esta é ainda mais embaraçosa. A maioria das pessoas não me consegue imaginar em pequena... a rapariga mal encarada de hoje em dia foi outrora muito, mas muito rebelde! Ah pois é, eu gostava de me meter com os rapazes e se fosse necessário andava à bulha com eles. Pois bem, estava muito bem com o marido da minha madrinha lá na terrinha e de repente eu vi bolinhas de chocolate! Sim!! Era o sonho de qualquer criança. Imensas bolas de chocolate no chão, iami! Pois bem, ia muito bem a tentar pegar numa quando me impediram muito rapidamete. "Oh, então?". Pois, sei que parece uma coisa gira e isso mas é terrível. Ainda hoje quando vejo bolas de chocolate fico envergonhada. As bolas de chocolates giras e pequeninas eram cocó de cabra. Sim é repugnante, mas eu era só uma pobre criança que queria chocolate. Por favor, não me fiquem a julgar mal por isto, mas prontos...
Outra coisa que me lembro foi que a minha mãe me tinha dado uns ténis da Reebok novos! Woow, eram todos XPTO e isso e pimbas... o futebol com as pedras de futebol deu cabo dos ténis em poucos dias (eram muito à menina para o meu gosto).
Bem, para acabar vou dizer a minha palavra favorita de pequena "Compa". Eu de onde moro vejo o Palácio da Pena, então cada vez que o via dizia aos meus pais "Olhem! Mãe compa! Pai compa! Vá lá", desejos de uma criança feliz.

3 comentários:

Buh! disse...

hahahahahaha sua badalhoca ao quadrado!

ainda és uma criança rebelde só q agora estás controlada xD

(parei de cantar para escrever isto e ler o teu post) x)

Anónimo disse...

Hahaa..realmente..Ó senhora sonhadora..nha ninjaaaa!!

chocolate no chao e mta fantasia nao? precisavas de ver mais filmes do james bond..ou da alice no pais das maravilhas (A)

Cuz i lOve uuuu 2 bitssss @@@@@@@@@@@ ^^

Xuak Xuak ******* Caah

I.C.J.F. disse...

Já fazia muito tempo que nao vinha aqui ao teu blog, hoje tava a fazer a minha ronda de blogs preferidos e pimbas vim ao teu como é obvio, este Daniela foi dos melhores posts que li aqui até agora.
De facto deste-me a noção do quanto cresci, antes a minha arvore de natal talbém era enorme, agora encolheu, ou eu é que cresci de mais...já consigo meter a estrela no topo, ou o anjo o que seja.
E por acaso também a metemos sempre em cima de uma mesa quadrada, mas este ano a mesa já não está na sala, por isso nao sei como vai ser...
Também me fez lembrar de quando nos mudámos para esta casa há mais de 11 anos, e eu não conseguia lavar as mãos sem ajuda ou então para que o fizesse sozinha fazia-o no bidé xD
Quanto às bolinhas de chocolate, deixa lá eu em miuda tirava os cocos dos pássaros dos muros com um pauzinho, aqueles secos!
As crianças são mesmo assim Daniela, são perfeitas na loucura das coisas que fazem.
Tivemos sorte ainda vivemos na oportunidade de ser crianças felizes o mesmo não se pode dizer dos miudos de hoje. mas enfim.
Um dia a minha mae meteu no meu bolo de anos bonecos que saiam nos ovos kinder e eu achei que eramos pobres, e pior ela nao me queria comprar bolicaos então abria um pao de cachorro e metia tulicreme.
Beijinhos minha papoila*