Quantos andam por aqui?

2 de março de 2010

Já disse uma vez que se continuar assim não duro muito, e agora é mais verdade que nunca. O cabelo cai-me que é uma coisa doida; se como fico maldisposta se não como continuo maldisposta; o feitio parece uma montanha russa, ora estou feliz ora estou triste; o sono aparece quando quer. Sim D* estás a ir por um caminho bonito, não ha dúvida!

Ontem à noite fui para a varanda sem ninguém me ver. Chorei até não conseguir mais. As minhas costas, que estavam encostadas à parede, já me doiam de estarem tão frias, o corpo tremia (não sei se de frio se de nervos). Mas eu não quis saber. Pensei, e quanto mais o fazia mais lágrimas me escorriam pela cara, mais fria eu ficava. Ouvi a minha irmã a chamar por mim, mas eu não respondi, não queria que ela me visse assim. O último lugar que eu queria estar era em casa. Custei a adormecer, o meu estômago parecia que tinha pedras lá dentro e cada uma magoava mais que a outra.
Hoje de manhã li umas coisas que me me fizeram lembrar isto. Quando isso se passou eu disse a mim mesma para fechar os olhos e virar as costas, não me importar. O tanas! Estou farta de ouvir\ler e calar. Estou enjoada.

E amanhã começam as aulas.

11 comentários:

Lia disse...

oh minha querida...nem sei o que dizer! olha...muita força e um abracinho muito muito apertado!

Maggy disse...

há dias que simplesmente não nos apetece estar em lado nenhum...

tem calma nina, acaba tudo por se resolver, às vezes a pressão é grande, a cabeça começa a andar as voltas sem chegar a lado nenhum, mas dias melhores virão, acredita

bjinhos

*C*inderela disse...

resta-me desejar que esta má fase passe depressa ... Que tudo fique bem e bem depressa.

Bjokas*

S* disse...

Hum... tu tens de te fazer valer!

Madame disse...

Força e muita paciencia,sempre!

Tudo de melhor!

bjk

Joana disse...

Já sabes que podes SEMPRE contar comigo, para o que precisares! E POR FAVOR vai ao médico também.... tou a ficar preocupada contigo

Martins disse...

D*, esta situação é-me familiar. Contudo aguentá-la e ultrapassá-la é que faz de nós pessoas fortes. E chorar alivia, qnd sentires a vontade de chorar chora, não engulas em seco. Deita tudo cá para fora, as más vibrações, os sentimentos maus... Dá um chuto no rabo desses desgraçados, que eles bem merecem. E dá tempo ao tempo, pq ele tudo cura. Isto é tudo cíclico sabes? Por fases. Ora boas ora más. Cabe a cada um de nós manter-se preserverante aquando das más para depois colher os frutos das boas.

Eu estou contigo moça e acredito que tudo vai melhorar vais ver! É isto, este lema que me faz continuar :)

Leila Reis disse...

Oh D*zinha, não estejas assim :(
Não gosto quando ficas em baixo, e há uns tempos para cá, isso tem sido recorrente, infelizmente.
Que posso eu fazer para te ajudar? Pois acredita, que gostava de poder fazer alguma coisa...
Beijinho e força :)

Artamidae disse...

espero que tudo melhore!
FORÇA!
beijinho!

maria teresa disse...

Minha querida está com sintomas de uma depressão, devia ouvir a opinião de um médico.
Por muito que deste lado do écran, "puxemos" por si, não chega...
Abracinho

Ariel disse...

Força...
Se precisares de desabafar tens o mail do meu blog... Escreve que eu repondo ;)

Para tudo há uma solução, dias melhores virão, acredita nisso.

Beijinhos e muita força