Quantos andam por aqui?

30 de setembro de 2009

Oh não vá lá, vá láááá (isto dito com uma carinha fofinha). Eu amanhã não quero ir para a universidade, não quero andar ali perdida num prédio de 7 andares, não quero sentir-me deslocada e sozinha. Eu sei que tem de ser e essas coisas todas mas falta-se-me a coragem. Com que cara é que eu vou chegar ali e ir para uma reunião na sala X e ouvir lá umas quantas pessoas arem umas 3 horas sem conhecer ninguém? A única coisa positiva é que vou entrar às 10:30 em vezes de ser às 8.00. Mas isto é só amanhã e 6ª porque no resto dos dias toca a levantar às 5.45 yey (NÃO!). A única coisa que me faz sentir um bocadinho melhor é que sei como eu há muitos jovens, mas mesmo assim...

Há uns dias estava a ver num canal qualquer da TvCabo um programa que se chamava "Hollywood Radical" e portanto aquele episódio era sobre cirurgias plásticas. Sim, por enquanto tudo bem, isso não é novidade nenhuma, ainda por cima na América. Para mim foi novidade (se calhar não vejo é televisão suficiente) quando uma senhora "construiu" o seu rosto por completo. Ou seja ela dizia que era como o Miguel Ângelo (cof cof)... Ah e depois um homem achava-se muito masculino (ãh?) e em conjunto com a Micaela Ângela (ahahah, não resisti) fizeram um projecto para a modificação da sua cara. Mas o senhor queria era ser a versão masculina da "artista" (e individualidade e originalidade não?). Além destas criaturas estava lá uma mulher versão Barbie, aliás eu acho que ela colocou-se dentro de uma barbie gigante pois ela parecia feita de plástico. Pormenores à parte, a senhora quando abria a boca para falar não saía nada de jeito e uma dessas barbaridades foi "Eu tenho 2 parafusos azuis nas bochecas. E não, não apito nos aeroportos". Se vocês soubessem o que me passou na cabeça nos segundinhos após aquelas palavras... Eu sabia que as pessoas mudavam tudo o que quisessem no corpo, mas agora diminuir o espaço entre a boca e o nariz, pôr as sobrancelhas mais para cima, levantar um bocadinho o canto dos olhos... cócózices que eu não reparava de certeza. A sério eu não entendo as mulheres nem quero entender!



E prontos, assim se acaba o meu último dia de férias.

8 comentários:

Lia disse...

ele há gente que não tem o que fazer ao dinheiro.... que parvoíce!

Drika disse...

Fica super artificial mudar tudo,prefiro ser feia ao natural rs.

=)

ADEK disse...

Só tenho a dizer "enfim"... Muitas vezes as pessoas querem mudar o que as torna únicas e lhes dá uma beleza especial!

(boa entrada no novo período de trabalhinho:D)

Cat disse...

Então nunca deves ter visto um em que as pessoas fazem cirurgias plásticas para ficar iguais à celebridade de que tanto gostam... =X

BOA SORTE, vai correr tudo bem :) Todas as pessoas sentem isso antes de ir para a faculdade, juro ;)

Caroline Farias disse...

A pessoas para tudo nesse mundo mesmo! rs.

Su disse...

Quando se tem muito dinheiro tem que se inventar coisas para gastar. Já ouvi dizer que isso vicia, começas a fazer uma depois queres mudar uma data de coisas a seguir. Também acho uma coisa desnecessária.

Olhos Dourados disse...

Bem, eu não era capaz de transformar o meu rosto dessa maneira!

IM disse...

sim, há quem não tenha realmente mais nada para fazer..:P
quanto à faculdade aproveita cada segundo, passa num istante! foi uma das melhores fases da minha vida! aposto que vais fazer muitos amigos e cresceres sem dares conta :)