Quantos andam por aqui?

16 de setembro de 2009

Nestes dias eu tenho tido tanto azar que nem tentei escrever aqui, pois sabia que não ia ficar nada de jeito e que me ia irritar e apagar tudo antes de publicar. Vou começar a enumerar o que se tem passado comigo nestes dias
*Com a trovoada de 4ª feira passada fiquei sem internet e telefone em casa, e após muitas horas com a chamada em espera e muitos telefonemas lá decidiram enviar alguém para resolver do assunto. "Então e não tem internet e telefone há quanto tempo? Deste ontem?" só podem estar a gozar, é que só podem!
*Achei no site da Fnac uma edição especial de um cd dos U2 que eu procurava há 2 anos, YEY! Demorou mais 12 horas a chegar que o previsto, mas a espera valeu a pena. Anteontem fui experimentar o dvd que vinha na caixa e reparei que não dava som e estava sempre a repetir a mesma parte. "Sem o código não podemos fazer nada" O QUÊÊÊÊÊ? Tenho montes de papeís a comprovar que encomendei aquilo pela loja online deles e mesmo assim não dá porque não tenho a porcaria de um plástico com um selo. Lição aprendida: quando queres uma coisa vai há loja, não encomendes via online.
*Ando a desesperar para saber o meu horário da universidade "Ah vá vendo na internet, pode ser que um dia destes lá esteja". Nem comento porque não é preciso!
*Porquê? Já é o meu 3º manjar de coco que tento fazer e não sai nada de jeito, porquê? Mas lá arranjei maneira de fazer com que aquilo ficasse mais ou menos com a forma que devia... ainda não tive coragem para provar.
*O meu pai chegou a casa com uma caixinha com pasteís de nata! Ao início até é uma boa notícia, embora às vezes o meu corpo decida fazer reacçõoes alérgica aos ditos cujos, até que a minha mãe disse "É melhor não comeres, acho que não estão bons". Vi uma caixa com pasteís de nata ir para o lixo.
*A minha avó e o meu pai parece que andam a unir forças contra mim, a sério! Estamos a ter um almoço relativamente normal, quando por alma de não sei quem, decidem começar a falar de coisas que nem deviam ser faladas, daqueles assuntos que só trazem é problemas. Portanto está-se a ver quem é que vai arcar com as culpas... claro está que sou eu. Vá lá que o meu avô ainda tem o bom senso de distribuir as culpas pelos demais, afinal aqui em casa somos 6!
*O meu relógio que eu tanto estimei duranto 2 anos, que tinha sido da minha tia mais uns 3 ou 4, estragou-se. "Não queria ser eu a dar-te esta notícia, mas o teu relógio morreu" ahaha ao menos o rapaz tinha sentido de humor. Muito ingénua perguntei se não podiam arranjar, afinal eu tinha alguma estima pelo relógio "Imagina o que é ir para a Suiça arranjar e depois vir" ah pois, se calhar não compensa.
Vá mas nem tudo foi mau durante estes dias (ai não?). O meu pai deu-me uma máquina analógica, que é linda linda linda! Ando a pensar num nome para lhe dar, mas não vou fazer isso ainda até saber se está em bom estado e essa coisada toda. Parece que adivinhou os meus pensamentos de há uns dias atrás. Ah já tenho as minhas coisas todas no sótão, aquele lugar agora nem parece o mesmo. Foi preciso eu mudar-me para lá para aquilo ficar habitável! No outro dia (vá foi mais hoje de manhã...) lembrei-me que tenho de fazer uma autobiografia e dei conta de que isso é bastante complicado! Tudo porque vou participar num concurso de fotografia (que não deve dar em nada, mas ao menos tentei) e precisam de imensas burocracias, não basta mostrar o nosso trabalho. Em relação às fotos fiquei um bocado desiludida, porque quanto mais as vejo mais defeitos encontro, menos confiança tenho e fico com mais dúvidas... E ainda por cima não tenho ajuda para as escolher, o que me confunde ainda mais!

2 comentários:

Artamidae disse...

pois há dias (semanas!) difíceis, de facto!
também já tive problemas com a FNAC, só sabem dificultar!
então e para onde vais estudar?
é óptimo quando temos um lugar só nosso em casa, com tudo à nossa maneira!
nestes dias também andei com arrumações...
e que máquina é que o teu pai te ofereceu?
noutro dia tive na mão uma inscrição para um concurso de fotografia... (não tive coragem de concorrer).

mojo jojo disse...

Funnily I intended to comment on your blog before you successfully answered the stair quizz. I had to use babelfish to translate your post as unfortunately for me I don't speak any portuguese (the translation is still funny) - but I read you have some tough days. Let me tell you what I've learned recently: if you feel upset about just everything, consider yourself a happy bunny. While it's not comfortable, it means you're willing to resist and fight. Even snails can be alive and kicking (ok, they won't jump through fire hoops). I guess it's part of the life experience to have testing times.